[GMZ] SOCHUM pode ficar sem resolução sobre o tema de desenvolvimento sustentável

Até  oitava sessão, o comitê caminha a passos lentos nas pautas importantes de sua agenda.

Por: Isabella Pureza e Jordana Buzahr (em parceria com El Sistema)

Os delegados não conseguem dar andamento à discussão sobre desenvolvimento sustentável durante a oitava sessão realizada pelo Terceiro Comitê da Assembleia Geral para Assuntos Sociais, Culturais e Humanitários (SOCHUM). Os países presentes apresentam grande dificuldade em manifestar propostas às discussões sobre desenvolvimento sustentável, insistem em continuar se auto afirmando e algumas das vezes chegam a deixar o silêncio prevalecer dentro da sala do comitê, com todas as delegações se abstendo de um posicionamento no debate.
O desenvolvimento do comitê se mostra lento e improdutivo, a partir do momento que divergências surgiram e, principalmente, em razão da abstenção da discussão por parte de várias delegações. Assim, o debate apresenta uma discussão expositiva dos pontos de cada Estado, e ao mesmo tempo dispersa entre os diversos pontos de discussão da agenda do comitê, como a imprecisão sobre questões energéticas e desenvolvimento sustentável. Marcando assim uma ausência de consenso e deliberações a respeito do assunto.
Discutir questões energéticas e desenvolvimento sustentável, sem discutir questões como as populações de extrema pobreza e questões humanitárias de fome é sobrepor outras pautas em detrimento à dignidade humana, o que é destoante do tema do comitê.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.