[El Sistema] EUA sugere uso do seu poder de veto

Por: Jordana Buzahr

Na tarde de ontem (16), a delegação estadunidense, presente na quinta sessão da assembleia do Conselho de Segurança das Nações Unidas, declarou incisivamente que usará seu poder de veto para qualquer resolução que contrarie seus interesses. Fato esse encorajado pelos ditos ataques e desrespeitos aos representantes dos EUA.

Em entrevista ao jornal, um dos representantes dos EUA declarou-se perplexo com a postura prepotente reproduzida por algumas delegações durante a assembleia ao estarem mais interessados em lançar ataques pessoais e desrespeitar, em especial, a delegação americana. Portanto, ele acredita que as representações restantes do Conselho não estão dispostas à cooperar com os EUA. E, além disso, afirmou que esses mesmos delegados, identificam seus países com muito mais poder e influência, do que eles realmente possuem.

Nesse sentido, os EUA anunciaram que irá vetar e usar o seu direito de voto e veto para impedir que qualquer resolução que fira os seus interesses, seja aprovada. Lembrando, assim, todo o Conselho que é necessária a aprovação dos EUA para a ratificação de qualquer resolução.

A delegação norte-americana, nessa perspectiva, foi alvo pontual de críticas por alguns países durante o andamento da assembleia. Essas considerações marcaram uma postura contraditória, imperialista e isolacionista por parte dos EUA, como afirma a declaração oficial da delegação da República da Índia:

“É notória a atitude egocêntrica dos Estados Unidos, considerando-os o país e seus interesses mais importante neste conselho e no cenário internacional, mais importante até mesmo que a questão nuclear em si. De fato, é decepcionante mas não surpreendente tal postura dos estadunidenses.”

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.